Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

Contos dela! Capítulo 7

 

Thamy pegou por volta de 3 ônibus até chegar ao orfanato, chegando lá foi procurar á freira Madalena. Madalena foi uma freira muito boa na época em que Thamy estava no orfanato, falava para as outras meninas que lá viviam para não pecarem se não Jesus nunca daria um namorado, Madalena sabia que era mentira, mais as meninas sempre a obedecia.
 
         Thamy estava á passar pelo corredor, quando encontrou uma garota por volta dos 16 anos orando sentada em um banco do lado da sala da direcção do orfanato, ela parecia meio assustada em quanto orava, lágrimas de medo rolavam em seu rosto, Thamy querendo ajudar, foi perguntar o motivo da garota estar daquele jeito. Sentou-se ao lado da garota e lhe perguntou:
 
         -Por que choras tanto?
        A garota á olhou, sorrio e lhe respondeu com uma pergunta:
        -Thamy, é você mesmo?
        Thamy sem saber o porquê da alegria da garota lhe disse:
         -Como sabes meu nome?
        A garota enxugando as lágrima disse:
        -Thamy, sou eu á Vena, não se lembras de mim?
        Thamy: Vena? Claro que me lembro de ti, quanto tempo!
        Vena: É sim, estava com tanta saudade. (E lhe deu um abraço)
        Thamy: Também estava. (Lhe respondeu com outro abraço)
        Thamy: Por que estas aqui? Aconteceu algo?
        Vena: Sim, aconteceu algo muito ruim. Descobriram que minha mãe estava viva, então mandaram vir me buscar, mais quando estava á caminho.    Vena parou de dizer e uma só lágrima caio sobre o lenço de papel que estava na mão dela, Thamy disse:
        -Ó meu deus, não precisa me dizer nada.
        Vena: Thamy, o que veio fazer aqui?
Thamy: Não sei!
        Vena: Como não sabe?
        Thamy: Eu não sei, a freira Madalena me ligou, e disse-me que precisa falar com migo, era urgente, então vim hoje.
        Vena: A sim.
 
        Thamy e Vena, ficaram um bom tempo conversando sobre os seus caminhos separados. Vena logo parou de chorar, estava tão feliz por reencontrar Thamy, fazia anos que elas não se viam, era mágico encontrar uma pessoa tão especial.

 

publicado por Jujubas com Açúcar às 17:25
link | comentar | favorito
© 2009 Layout by: Jujubas com Açúcar
Contacto - Contacto 2
 
Contador gratuito 
 

Sobre:

Name: Jujubas com Açúcar

Team: Conheça-nos aqui.

Design: Jujuba Listing.

URL

Link-me


Menu:

Afiliados

Mais perguntas

 

Busca

 

Mural: